Notícias

Você sabe a diferença entre o SPECT/CT e PET/CT?


Apesar de terem nomes bastante parecidos, os exames de SPECT/CT e PET/CT possuem algumas diferenças e a principal delas é o tipo de marcador utilizado para gerar imagens. O PET usa um emissor de pósitrons que emite 2 fótons a 180° em direções opostas, enquanto o SPECT utiliza um único emissor de fótons. Outra diferença é a máquina utilizada para detecção da radiação em cada um desses exames.

Como esses exames funcionam

Cada modalidade destes exames opera por meio da detecção de um tipo de emissão radioativa diferente. Essa emissão é baseada no tipo de decaimento do marcador utilizado. Explicando de maneira mais clara, o processo de decaimento radioativo é o fenômeno estatístico que permite antecipar por qual período determinada quantidade de átomos produzirá emissões radioativas que podem ser de diferentes tipos (alfa, beta ou gama). Nos dois tipos de exames é possível detectar esse processo, com algumas diferenças clínicas, utilizando diferentes tipos de radiofármacos, por exemplo, no PET o mais comum é o Flúor-18, no caso do SPECT o mais indicado é o Tc99m.

O Grupo MND possui especialistas em Medicina Nuclear que poderão tirar as suas dúvidas de maneira rápida e segura. Entre em contato.

Av. Barão de Itapura, 1276 - Jardim Guanabara, Campinas - SP, 13020-432 - Atendimento: Seg a Sex: 07h / 18h - Telefone: (19) 3731-4141