Notícias

#MEDICINAQUÍMICA: Iodo-131 (I)


Hoje o elemento químico a ser apresentado na série #MedicinaQuímica é o Iodo Radioativo (Iodo-131), também denominado como radioiodo. Simbolizado como I 131, este elemento é uma das formas radioativas do iodo.

Na tabela periódica, pertencente ao quinto período da família 17, tem massa atômica igual a 130.9061 e tempo de meia vida de aproximadamente oito dias.  É gerado a partir da quebra do núcleo de um átomo estável, denominado fissão nuclear, do elemento Urânio.

O Iodo foi descoberto em 1811, em Paris, pelas mãos de Bernard Courtois, durante a produção de pólvora a partir do nitrato de potássio, para o exército de Napoleão Bonaparte.

O Iodo-131 na Medicina

Usado em diversos procedimentos pelo Grupo MND, o I 131 está indicado no tratamento do hipertireoidismo e câncer do tireoide já que esse elemento é absorvido pelas células da tireoide. No caso do câncer, por exemplo, o I 131 é capaz de matar as células cancerígenas metastáticas.

Além do tratamento, o radioiodo ainda é utilizado em exames diagnósticos dos distúrbios que acometem a glândula tireoide, partindo do mesmo princípio da afinidade da glândula por esse elemento químico.

Av. Barão de Itapura, 1276 - Jardim Guanabara, Campinas - SP, 13020-432 - Telefone: (19) 3731-4141