Notícias

Dezembro Laranja – Câncer de pele e a medicina nuclear


Como forma de alertar toda a população sobre a importância de se precaver do câncer de pele, tomar os devidos cuidados e manter as consultas médicas em dia, Dezembro Laranja é uma campanha criada em 2014 pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

Esse tipo de tumor, que gera o crescimento anormal de células da pele, pode ser classificado de duas formas: melanoma e não melanoma. O segundo é o tipo de câncer mais comum em todo o Brasil, tanto em homens quanto mulheres. E a Medicina Nuclear tem papel vital nessa doença, para identificar se há metástases. São dois os procedimentos realizados para esse diagnóstico, e que são feitos na MND Campinas:

Linfocintilografia com SPECT/CT

Quando acontece a identificação de linfonodos sentinelas, esse procedimento identifica se qual o linfonodo que será acometido por células cancerígenas (metástases). Geralmente, em casos de câncer de pele, os linfonodos, gânglios linfáticos, são os primeiros a serem afetados.

PET/CT para Melanoma

Por meio deste exame de corpo inteiro é possível saber exatamente para quais regiões do organismo o tumor espalhou. Entre em contato

Av. Barão de Itapura, 1276 - Jardim Guanabara, Campinas - SP, 13020-432 - Atendimento: Seg a Sex: 07h / 18h - Telefone: (19) 3731-4141